Como fazer um bom planejamento financeiro?

Às vezes nós cansamos de trabalhar para os outros. Chega uma hora que queremos independência. Abrir um negócio próprio é a melhor alternativa para sair da aba dos patrões e se tornar, financeiramente donos do nosso próprio nariz. A questão é que para isto é necessário um planejamento prévio.

Ninguém consegue fazer um negócio prosperar se não tiver uma ideia estruturada para começar a tocar o empreendimento. Por isso, antes de empregar seu capital em um novo projeto, você não realizar todo um estudo de suas possibilidades como microempreendedor.

Pense no agora e nas possibilidades futuras

Começar um micro negócio sem vislumbrar as possibilidades futuras é um caminho que pode fazer a sua empresa nunca prosperar. Ter a percepção de que novas oportunidades podem aparecer; mudanças acontecem no ambiente e você precisa estar preparado para se adaptar. O que está rendendo lucro, amanhã pode não servir mais para nada.

É importante pensar e trabalhar no que fazer sobre algo no futuro. Sempre melhorar a sua capacidade de geração de renda. A microempresa exige que você esteja sempre um passo à frente do seu próprio planejamento.

Leia também: 10 dicas para ser um empreendedor de sucesso!

Acompanhe o fluxo de caixa

O melhor jeito de manter as despesas em ordem, é acompanhar o fluxo de caixa. Assim o empreendedor vai ter uma visão ampla do sistema financeiro do seu negócio, facilitando os ganhos e a gestão da movimentação financeira. Se o crescimento for muito grande e acompanhar as movimentações financeiras for mais difícil, é melhor recorrer a softwares para não perder o controle.

Não esqueça do seu capital de giro

Quando começamos um negócio, temos que ter em mente que o lucro não vai vir de imediato. Portanto, é preciso ter uma quantia reservada para que o empreendimento possa fluir com tranquilidade, ainda mais se você estiver no início.

Só que ter esse capital e não saber administra-lo é um tiro no pé. O importante é saber que essa quantia existe para honrar com os compromissos imediatos ou cobrir algum problema de última hora. Se esse dinheiro não tiver esse intuito, você pode acabar afundando seu negócio.

Gastos da empresa

A história de ficar atento apenas aos gastos maiores como, salário de funcionários, aluguel e impostos, pode fazer você acumular os valores com as despesas mais simples como matérias para limpeza, água e luz. Para que o negócio de certo, fique esperto com todos os gastos.

Capa-03

Faça uma reserva

Sempre procure separar uma quantia no final do mês para eventuais problemas que podem surgir ao longo do ano. Esse valor pode colaborar para manter a ordem financeira em caso de rescisões contratuais, aluguel, entre outros. Para que essa sobra aconteça, analise os gastos e veja se os recursos estão sendo empregados de maneira correta.

Leia Também: 10 dicas sobre sucesso empresarial para você

Seja flexível

Olhe para o mercado e siga as tendências. Não querer buscar novas alternativas, pode fazer o seu negócio parar no tempo. Invista em novos produtos e acredite que mudanças podem ser positivas. Só assim, na era dinâmica que nós vivemos, é que você vai obter sucesso.

banner-vtz

Related Posts
5 dicas para melhorar a sua gestão de Contas a Receber e Contas a Pagar
5 dicas matadoras de controle financeiro para autônomos
Como otimizar a gestão financeira de sua empresa
Por que o capital de giro é tão importante para a minha empresa?
1 Comment

Leave Your Comment

Your Comment*

Your Name*
Your Webpage